“O Mundo inteiro é um Palco” - Shakespeare

A MINHA HISTÓRIA

João Leiria foi crescendo no palco. Começou o seu percurso no teatro (TEC, 2001), fez televisão (“Morangos Com Açúcar”, 2005; “Podia Acabar o Mundo”, 2008) mas foi a música que o prendeu. Para além de cantor e músico (e também compositor) nunca despiu em palco a pele de actor. Porque não se limita a fazer covers: empresta a cada música o seu cunho pessoal que nos serve a partir do palco, dando-se por completo.

Procurou outros palcos por esse mundo fora. A guitarra que sempre o acompanha é testemunha das longas viagens que fez, onde bebeu experiências que lhe moldaram os gostos e o estilo.

2018 vai ficar marcado também pelo lançamento do primeiro álbum de originais de João Leiria: “#13” (título provisório). Mistura de folk, country e pop, por vezes a fazer lembrar a música irlandesa.

Reconhecem-se nesse projecto influências dos Creedence ou dos Mumford & Sons, e de cantores como Leonard Cohen, Johnny Cash, Dave Matthews e Ben Harper. Este álbum de estreia conta com várias participações de músicos de referência do nosso país. Nas palavras do João, “nele quero exprimir a paixão que tenho pela música e pretendo que seja um agradecimento especial a todos os que, como eu, fizeram do palco o seu mundo”.

Uma actuação do João Leiria é sempre a certeza de que o palco vai encher de vida. E se escutarem bem, por entre a sua voz, por entre os acordes da sua guitarra, por entre a contribuição de todos os instrumentos, notarão sempre a cadência ritmada das pancadas de Molière.

ap-signature cópia dourado